Hoje temos a  final da taça da liga entre as equipas do Sporting x Braga , às 19:45H no Estádio Dr. Magalhães Pessoa

Sporting:

Noticias ➡️ Rúben Amorim escusou-se a abrir o jogo sobre o onze do Sporting que vai iniciar a final da Taça da Liga com o SC Braga. Levantou, porém, a ponta do véu e adiantou um nome que estará entre os titulares. Não foi o de Jovane, mas o avançado, ‘herói’ no clássico com o FC Porto, também foi tema de conversa. «O Jovane teve a sua semana de treinos, não vou dizer a equipa do Sporting. Vou dar o TT [Tiago Tomás], o TT joga. O resto vão ver amanhã [sábado]», afirmou o treinador dos leões, em conferência de imprensa. Na meia-final com o FC Porto, Jovane saltou do banco e deu a volta ao clássico com dois golos nos minutos finais. Mas não festejou. Rúben Amorim diz compreender a reação do jovem de 22 anos. «Compreendo porque se virem o historial do Jovane, no ano passado quando chegámos aqui, o Silas e o departamento médico fizeram um trabalho extraordinário com ele e apareceu numa forma muito boa, foi um jogador preponderante, aquilo que nunca tinha sido no Sporting, cresceu muito. Depois voltou a lesionar-se, começou o ano, começou a titular como avançado, foi muito criticado, e nesse aspeto a culpa é do treinador e não dele, depois saiu da equipa, lesionou-se um bom período, agora está a voltar aos poucos», historiou. «Um jogador tão novo que vive isto ano após ano, que tem um historial de muitas lesões, é normal que sinta isso, é um miúdo muito sensível. Acho normalíssimo. Gostei do apoio dos colegas de equipa, ele tem o apoio da equipa técnica, mas isso não garante nada. Não estaríamos a ajudá-lo, não damos benesses a ninguém. Damos oportunidades a todos, ele teve a sua e fez golo. Vamos ver… Se Deus quiser vai ter uma grande carreira. Acreditem que ele estava feliz da vida e as lágrimas são prova disso. Muito feliz por ele mas este é um novo jogo», realçou sobre a final com o SC Braga.

Na edição anterior conquistou a prova ao serviço do SC Braga, equipa que agora enfrenta como treinador do Sporting. «É muito importante [segunda final em dois anos], são momentos diferentes. Naquele momento tinha iniciado [carreira de treinador], era muito importante para mim enquanto treinador vencer logo aquele título, pela pressão que havia na última edição em casa [Braga]. Agora estou no Sporting, a pressão é completamente diferente, o momento é diferente. Tenho um grupo muito jovem e muito inexperiente nestas andanças. Temos o peso de uma instituição muito forte, mas em termos de experiência de grupo ainda estamos aquém dessa história», notou o técnico leonino, em conferência de imprensa. A juventude, porém, em nada diminui a ambição de vencer. Pelo contrário. «Somos uma equipa muito jovem que chegou aqui e tem muita ambição de ganhar este jogo. Não estou tanto preocupado por mim como estava no ano passado, pela minha confirmação – se é que se confirmou alguma coisa -, mas estou mais preocupado pelos meus jogadores, quando digo preocupado estou a pensar neles; quero mais que eles ganhem ânimo do que eu. Acho que eles precisam porque são muito trabalhadores, dão-me tudo até ao último minuto», enalteceu.

Braga:

Noticias ➡️  A tão badalada possível saída de Paulinho para o Sporting não tira o sono a Carlos Carvalhal. Confrontado com esta possibilidade – ou outra, neste mercado de inverno, que possam retirar-lhe o ponta de lança do plantel -, o treinador do SC Braga… até ironizou. E embora sem nunca referir o nome, fez uma analogia clara em relação ao um craque mundial que esteve em vias de rumar a Portugal esta temporada. «São notícias que já fazem parte do anedotário do futebol português. Nem vou comentar. Faz-me lembrar um grande jogador que esteve para vir para Portugal no início da época e que fez capas de jornais durante 45 dias. O Paulinho está disponível e está convocado».  Ficou claro que Carvalhal estava a referir-se a Edinson Cavani, avançado internacional uruguaio que no início da época esteve muito perto de reforçar o Benfica. O namoro, porém, não terminou em casamento e o sul-americano rumou ao Manchester United. E Carvalhal deverá estar desejoso de que a novela Paulinho não passe disso mesmo para que, dessa forma, possa continuar a contar com o internacional português no seu plantel. Nem poderia ser de outra forma: o SC Braga está preparado para derrotar o Sporting e conquistar a Taça da Liga. A afirmação é de Ricardo Horta, uma das estrelas do conjunto arsenalista, que, na conferência de Imprensa de antevisão à partida deste sábado (19.45 horas), sublinhou que o plantel está pronto para superar mais este desafio. O número 21 dos minhotos dá conta do sentimento que reina no balneário e espera ser mais um a ajudar a uma noite de glória. Até porque, defende, a título individual sente-se no melhor momento da sua carreira. «Depois de ganharmos a meia-final, estamos focados na preparação desta final e em vencê-la. Creio que vai ser um jogo muito bem disputado e nós estamos preparados para o embate de amanhã. Se estou no melhor momento da minha carreira? Sim, julgo que posso dizer isso. Já na época passada estive a um nível muito bom. Mas isso também só é possível devido à fase que o clube e a equipa estão a passar. O clube tem evoluído muito nos últimos anos e isso também ajuda a potenciar as próprias individualidades». Recorde-se que Ricardo Horta foi o herói da final da Taça da Liga da época passada, ao apontar o único golo da partida frente ao FC Porto e que ofereceu o segundo título de campeão de inverno ao SC Braga. O SC Braga está completamente focado na conquista da Taça da Liga. Não só pela importância desportiva do próprio troféu mas, também, pela questão sentimental. Os bracarenses estão a comemorar o seu centenário e, nesse sentido, Carlos Carvalhal entende que esta seria uma das prendas perfeitas para o emblema minhoto.  Na antevisão da final deste sábado (19.45 horas), diante do Sporting, o treinador dos arsenalistas sublinhou a vontade em erguer o troféu – algo que, a confirmar-se, será feito pela segunda época consecutiva já que, na temporada passada, o SC Braga venceu o FC Porto (1-0) e levantou o caneco – e continuar, dessa forma, a reduzir as distâncias existentes entre os guerreiros do Minho e os ditos três grandes do futebol português.  «Sabemos que vamos defrontar um adversário difícil, que joga bem e tem um grande treinador, mas teremos um SC Braga a esgrimir argumentos para ganhar. Viemos para esta final four com a ambição de discutir o troféu, já defrontámos o Benfica e vencemos, e, agora, ambicionamos ganhar a final, no caso, frente ao Sporting. Em ano de centenário do clube, queremos muito levar a Taça para Braga. Espero um grande jogo de futebol, apesar da chuva que está prevista. O posicionamento do SC Braga é claríssimo: estamos numa situação de outsiders em relação aos chamados três grandes. O SC Braga estará sempre a morder-lhes os calcanhares e, nos últimos anos, o clube tem feito tudo para diminuir essa diferença. Temos a capacidade de jogar olhos nos olhos contra qualquer adversário, em qualquer estádio e queremos ser sempre mais competentes do que os nossos opositores.  Recorde-se que o SC Braga chega a esta final depois de bater o Benfica (2-1), na segunda meia-final da competição, realizada na passada quarta-feira. No dia anterior, já o Sporting vencera o FC Porto (também por 2-1). O jogo decisivo volta a realizar-se no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria.

📈Prognóstico📈 

➡️ É uma final, as duas equipas querem muito vencer, o Sporting venceu duas vezes esta taça (2017/18 e 2018/19) com os Treinadores Jorge Jesus e  Marcel Keizer, o Braga venceu duas vezes também (em 2012/13 e 2019/20) o Braga é o campeão em titulo, se por um lado temos um Braga a querer revalidar o titulo, por outro lado temos um Sporting a ter neste jogo um momento para mostrar que esta de novo com a vontade de mostrar a Sua Garra. Espero um jogo over, bem disputado com golos em ambas as partes

🍀Palpite 🍀

➡️ Ambas Marcam + Over 2.5 Ft @ 2.25 ( Casa de Apostas Betandyou – Abre ja a rua conta Promo Code: bt_235)